Buscar
  • BeBold

Os Vingadores. A Força de Muitas Marcas.



Por Lucas Chiquetto


O novo filme da Marvel, Os Vingadores - Guerra Infinita, estreou nos cinemas de todo o mundo e, em seu primeiro final de semana, bateu o recorde de bilheteria da história com a surpreendente arrecadação de U$ 630 milhões de dólares (o equivalente a R$ 2 bilhões) em todo o mundo. E você sabe o por que de todo esse sucesso? É porque o filme é o conjunto de grandes marcas que, juntas, formam uma maior ainda.


Homem de Ferro, Capitão América, Hulk, Os Guardiões da Galáxia, Thor, Homem-Aranha, Pantera Negra etc. Cada um desses personagens - ou conjunto deles - foram para as telonas muito bem posicionados e recheados de atributos, fazendo com que, até quem não curte muito super-heróis, vá aos cinemas para curtir o filme e, claro, a pipoca.


Entre os atributos que os personagens carregam, podemos citar: poder, força, justiça, fama, beleza, riqueza, admiração, humor, vingança entre outros, que os tornam únicos e especiais. Sem contar com dois aspectos que, no mundo dos super-heróis e das marcas, precisam caminhar juntos: IDENTIDADE X IMAGEM. A identidade é a essência, a personalidade, aquilo que é, mas que pode ser gerenciado e controlado. Já a imagem, é o conjunto de impressões, percepções e opiniões que o público tem, e que não pode ser controlada.


Quando trazemos para a realidade dos super-heróis, a imagem que o público tem da personalidade (identidade) de cada personagem é muito coerente. Além disso, como pano de fundo, temos a gigante Marvel, mundialmente conhecida pelos seus quadrinhos e arrecadações de filme bilionárias, com um posicionamento sólido e também atributos que qualquer super-herói (ou não) gostaria de fazer parte.


E a cereja do bolo de todo esse sucesso é próprio nome do filme, Os Vingadores, que é o conjunto de marcas fortes e bem-sucedidas que a Marvel vai ter como a galinha dos ovos de ouro por muitos anos. Aliás, falta muito para o próximo filme?

9 visualizações