Buscar
  • BeBold

Marketing Digital: Por onde começar?

Atualizado: 8 de Mai de 2019

Antes de realizar a aquisição de um produto, cerca de 73% dos usuários de internet brasileiros realizam pesquisas no ambiente virtual. Entender como esse comportamento impacta, tanto nas vendas online quanto nas lojas físicas, é fundamental para começar com o pé direito.






O Brasil é o 4º País em número de usuários de internet. Com 120 milhões de pessoas conectadas, o Brasil fica atrás apenas dos Estados Unidos (242 milhões), Índia (333 milhões) e China (705 milhões).


Antes de realizar a aquisição de um produto, cerca de 73% dos usuários de internet brasileiros realizam pesquisas no ambiente virtual.


Dos usuários regulares de internet, 64%  afirmaram ficar online para ver a opinião de outros usuários sobre algum determinado produto antes de decidir sobre compras importantes.


Ou seja, é praticamente impossível um cliente seu não estar na web. É claro que nem tudo pode ser vendido pela internet, mas é possível alcançar e influenciar os decisores de compras por meio dela.


Mas a questão é: Como aproveitar esse potencial todo?

Para isso, separamos alguns pontos para você observar:


1- Lembre-se que a "Lâmpada não é a evolução da vela", ou seja, fazer marketing na internet não é a mesma coisa que fazer publicidade nos meios tradicionais. Existem técnicas específicas para marketing na web, principalmente o Inbound Marketing.


2- Foque em resultados. No marketing digital é possível monitorar praticamente tudo com métricas, ou seja, priorizamos as ações que têm melhores resultados.


3- Tenha uma presença digital forte e engajadora. Existem diversos meios e ferramentas para fazer isso. Site, redes sociais, blog, e-mail marketing, anúncios, busca no Google, etc. 


Além disso, a BeBold conta com as melhores tecnologias do mundo e pode fornecer gratuitamente o diagnóstico digital para sua empresa saber qual o seu cenário atual e o que pode ser melhorado. Caso seja do seu interesse, é só clicar aqui e solicitar.

39 visualizações