• BeBold

News BeBold - Junho


 

O mês mais amável e apaixonado do ano com toda certeza é junho! Não apenas por contar com o dia dos namorados, mas também pela paixão nacional por festas juninas. E que delícia é curtir depois de 2 anos sem esse privilégio, rs. Com jobs em dia, o coração quentinho e o milho na panela, estamos cobertos de inspiração para nos proteger do "frio". Junho também é o mês do orgulho LGBTQIA+, uma data para nos orgulharmos.

 

Faça acontecer

Eu faço acontecer. Como o próprio mote da campanha já diz, é hora de colocar pra rodar, realizar. Esse é o objetivo da campanha que os BeBolders prepararam com muito carinho para a GVC Soluções em Cobrança.



As ações planejadas – e que já estão sendo colocadas em prática – incentivam a equipe GVC a alcançar e a superar as metas e resultados propostos para 2022. Lançada com uma live neste mês de junho e se estendendo até o final do ano, a campanha tem o desafio de chamar a atenção e manter o envolvimento de todos os colaboradores ao longo dos próximos meses, buscando despertar as habilidades de garra, união, organização, disciplina e superação nos talentos GVC.


Para a comunicação, a BeBold planejou peças on e offline, muitas delas já implementadas, como caneca, convite live/evento, e-mails marketing, termômetro de metas e wallpaper para computador. Para a continuidade da campanha nos próximos meses, outras ações e peças de comunicação já estão prontas pra serem colocadas em prática e manter o time GVC focado na superação das metas.


Um sucesso em seu lançamento, a campanha está só começando e já recebeu diversos elogios por parte da diretoria e dos executivos da GVC. A BeBold tem muito orgulho em apoiar a empresa a despertar o melhor de cada colaborador, mantendo o orgulho em pertencer e o foco em resultados em alta.

 

Em prol da empresa, da equipe e do mundo

ESG (Environmental, social and corporate governance): um termo que vem ganhando maiores proporções nos últimos tempos e também um dos projetos do nosso cliente Facchini, empresa de desenvolvimento, produção e distribuição de implementos rodoviários para todos os segmentos de transportes nas categorias: pesados, médios e leves.

Para apoiar a empresa a implementar as mudanças internas necessárias para o aprimoramento dos processos internos e a adequação gradativa ao ESG, tivemos o desafio de planejar e executar mais uma campanha para o público interno.

Com o objetivo central de apresentar a importância do projeto ESG para a empresa, envolvendo os colaboradores, engajando e atingindo as metas para alcançar a certificação, estimulamos líderes e equipes a compreenderem e abraçarem a causa para um ambiente empresarial e um mundo melhor.

Para as peças, apostamos em e-mails marketing, vídeo, modelo de PPT, banner e wallpaper para computador, folder e camiseta.

Esta é mais uma campanha que a BeBold tem orgulho em assinar!

 

Mais que planejamento, comprovação

Se você já investe em ferramentas de marketing digital, já sabe não é?!? Se você quer ser visto, conhecido e desejado pelo seu público-alvo, tem que investir em Google e nas redes sociais!

Os canais digitais se transformaram, nos últimos anos, em pontos essenciais da estratégia de comunicação de todos os negócios. Por meio deles, é possível ser muito mais preciso para atingir seu cliente ou parceiro em potencial, otimizando o direcionamento de recursos e medindo resultados a todo momento.

Além disso, é essencial o investimento também em conteúdo estratégico e de qualidade, que faça sentido para seu público e que te coloque numa posição de referência no segmento em que atua. Com isso, sua marca, com seus produtos e serviços, serão cada vez mais conhecidos e considerados no momento da compra.

Neste caso, é essencial ter profissionais especializados na redação e criação de materiais, além da gestão das campanhas, garantindo a melhor performance digital possível. É o caso de um dos nossos clientes, a DCS Serviços, uma empresa especializada em serviços de Data Centers que, com apoio da BeBold, investe nas ferramentas como Google, LinkedIn, Instagram e Facebook.

Com uma média de 57 mil visualizações por mês e mil cliques nos anúncios de Google, a empresa está tendo uma captação mais de 400 leads/mês, sendo cerca de 60 leads quentes, convertendo os contatos em vendas e criação de novos projetos por meio deste trabalho.

Assim, fica a dica: invista em marketing digital com quem entende do assunto e garanta: destaque na segmentação do seu negócio; maior entrega do seu conteúdo e da sua marca para seus públicos de interesse; custos menores que as mídias offline, com maior assertividade. Isso, claro, sempre convertendo em melhores resultados para o seu negócio.

 

Anitta é mais que cantora, é empresária!

A maior que temos, global e aclamada! Anitta – ou Larissa para os íntimos – é cantora, empresária e brasileira com carreira global. É inegável a revolução que a sua figura memorável causou e ainda causa no mundo da música nacional e internacional.

Mas, hoje, não vamos falar sobre a artista que foi a primeira brasileira a chegar ao topo da parada global do Spotify. Vamos enaltecer a mulher de negócios que, aos 28 anos, fala quatro idiomas, é sua própria empresária, head de Criatividade e Inovação da Beats e faz parte do Conselho de Administração do Nubank, um verdadeiro exemplo de personal branding cheio de personalidade.

A carioca é a rainha do Marketing, da estratégia e das “publis”. Em 2019, lucrou R$ 80 milhões somente com publicidade. Até maio de 2021, seu patrimônio já ultrapassava R$ 550 milhões. E, vamos combinar, ela dorme fazendo dinheiro, né? Rs

Sabendo de tudo isso, conhecendo o trabalho da cantora, podendo vivenciar e prestigiar seus projetos, devemos analisar tudo. Com olhar mais profundo do que apenas admiração e entretenimento, Anitta é branding, estratégia, publicidade e resultado. Ela zela por uma marca, a sua marca e aquelas que tem seu nome associado.

Com foco, persistência, talento e respeito, caminhamos cada dia mais para o reconhecimento global de uma artista brasileira. Mesmo você gostando ou não das músicas dela, cá entre nós, ela arrasa.

 

Stranger Things 4, a grande conquista dos oitentistas é ver como os anos 80 atraem os jovens de hoje em dia

Stranger Things 4 (conhecido também como Paradas Sinistras) retorna depois de três longos anos. Aquelas crianças que foram apresentadas para o grande público em 2016 já não são mais crianças, elas mudaram, Hawkins mudou e o público também. A série retorna em um formato diferente, dividida em dois volumes, com vários núcleos de personagens e com episódios gigantescos – detalhe para o último que dura quase três horas. Não posso falar muito da trama porque estou proibido de dar spoilers aqui (Afinal, o Gui é o rei dos Spoilers. Assinado: BeBolders), mas a parada está realmente sinistra, um novo e terrível vilão surge com poderes semelhantes aos de Freddy Krueger (inclusive, com participação especial de Robert Englund, o próprio, o original e não tão querido assim, Freddy) e começa a aterrorizar a cidade de Hawkins, que não tem uma temporada de paz! A estética da série é impecável. Eu que sou jovem, e não vivi os anos 80, sinto vontade de viver lá! As roupas, as músicas, o RPG e o charme de uma realidade mais analógica é algo realmente muito belo de se ver. Quanto mais vejo Stranger Things mais tenho vontade de viajar no tempo e ir pra lá, menos pra Hawkins, claro! Não perca tempo, meu texto já está ficando muito grande, é capaz de cortarem ele pela metade, então, esconda os relógios da sua casa (spoiler pra quem já viu), prepara uma pipoquinha e beba seu refrigerante zero enquanto assiste a essa obra-prima!

 

Além do orgulho!


No mês do Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, a indicação da BeBold é uma série britânica, que você pode assistir na Netflix, e que vem ganhando o coração das pessoas ao redor do mundo. Estamos nos referindo a Heartstopper. Ela conta a história de Charlie, um aluno muito inteligente e dedicado, mas que sofre bullying na escola constantemente desde que se assumiu gay. Isso o tornou uma pessoa tímida e bastante insegura. Podemos conhecer, também, Nick, um garoto super popular e admirado pelas pessoas por ser um ótimo jogador de rugby. A história gira em torno desses dois personagens que, ao longo da trama, se tornam grandes amigos. Na verdade, um pouco além de amigos.

A série - meio adolescente - é tocante, inclusive para quem é adulto, porque retrata o amor em sua forma mais simples e inocente, mesmo tocando em assuntos importantes e pertinentes nos dias de hoje, como homofobia, bullying e transfobia. Vale a pena conferir.