Agora é a hora do: DESMARKETIZE-SE
BeBold
BeBold

fevereiro 17, 2023

Desmarketize-se

Marketing humanizado é mais do que chamar pelo nome

A humanização de marcas é um conceito que, cada vez mais, tem entrado em pauta, mas que nem sempre tem sido bem interpretado ou bem aplicado pelas empresas. Para muitos consumidores, o marketing tradicional está ficando cada dia mais cansativo e, apesar de trazer resultados para a empresa, o alcance poderia ser ainda melhor ao se apostar em autenticidade, pois é ela que vai causar um sentimento positivo quando for apresentada para o público.

A comunicação invasiva, apesar de ter funcionado por muito tempo, não é a melhor opção para empresas que buscam se conectar e gerar engajamento com as pessoas. E é exatamente isso que o João Branco – que tem mais de 20 anos de experiência na área – quer dizer quando usa o termo “Desmarketize-se” que, segundo ele, é o novo marketing.

Por que apostar em marcas humanizadas?

A evolução tecnológica que presenciamos nos últimos anos permitiu que o consumidor passasse a ter uma presença muito mais ativa na busca por soluções. Ou seja, hoje é bem provável que, antes de adquirir um serviço ou produto, você pesquise inúmeras possibilidades, escolhendo aquela que mais se conecta com você e com a sua realidade, e quase nunca colocando o preço como o principal fator decisivo. A humanização de marcas tem a ver com cativar o público, que é o oposto de concentrar apenas em conversões e vendas, como busca o marketing tradicional… Entenda:

Mergulhando no conceito de João Branco

Em um artigo publicado no LinkedIn, o especialista defende que a revolução tecnológica no marketing vai muito além do que a resposta automática diante de um problema que o consumidor tem com a marca. Para ele, a digitalização nos oferece infinitas possibilidade de comunicação. Porém, nem sempre essas oportunidades são aproveitadas pelas empresas.

“Se a sua marca quer ter muitos amigos, ela precisa socializar”. Porém, é preciso ter cuidado com o conceito de socialização. A quantidade de anúncios, interrupções e chamadas para ação, se for feita o tempo todo, pode ser bastante exaustiva no dia a dia do consumidor, e isso definitivamente não fará com que ele se aproxime da sua marca. Muito pelo contrário!

“Querem saber sua missão e suas intenções. Querem ver os seus valores sendo colocados em prática. Querem menos campanhas e mais conversas. Não querem chatice, interrupções ou falsidade. Não querem omissão nem uma relação simplesmente transacional. Eles se apaixonam por ideais, aceitam perdoar e querem o que é de verdade. Eles preferem o imperfeito, porque sabem que também são assim. Querem se ver nas propagandas, se sentir incluídos, respeitados, considerados. Querem alguém que olhe nos seus olhos e que use os dados que eles nos entregam para personalizar as relações, não apenas sendo chamados pelo nome. – João Branco

Para se aproximar do público

Hoje, todas as relações estão muito dinâmicas e é por isso que a marca precisa ter uma estratégia para se aproximar e gerar identificação com o público. Caso contrário, essa será a primeira – e talvez a única – oportunidade de conexão e ela terá sido perdida. “Seja pelo sentimento negativo que causa ou pela sensação de perda de tempo, a publicidade corre o risco de ser classificada pelo nosso cérebro como “algo a ser evitado””, escreveu Branco.

Por isso, entender o papel da sua marca e ter valores claros e uma cultura bem definida já são importantes primeiros passos para humanizar o contato da marca com o consumidor. É preciso se posicionar e criar uma identidade própria antes de tentar gerar identificação com sua audiência. Como diz o ditado “pra quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve”, e te conto mais: não leva a lugar nenhum!

Humanizar marcas é mais do que uma característica de venda. A responsabilidade social, a transparência e a inclusão são apenas alguns dos pontos da cultura empresarial que vão contribuir para a marca construir uma relação de confiança e amizade com o seu público.

Se você curtiu esse conteúdo, mas ainda não sabe como aplicar o marketing humanizado, talvez seja interessante buscar apoio especializado. Assim, será possível potencializar os resultados da sua empresa, sem que sua marca se torne um fardo ao consumidor, para que consiga se destacar no mercado.

Aqui na BeBold temos um time preparado para te ajudar! Clique aqui e saiba mais.

Você tabém pode se interessar…

IA: Homem do espaço com capacete de motocicleta tricotado de lã vermelha ou o que você quiser… E isso “preocupa”.

Por Lucas Chiquetto Sim, parece meio engraçado, mas é mais um incrível passo da IA rumo à criatividade sem limites, que gera...

2024 promete ser um ano repleto de oportunidades para inovar, surpreender e alcançar novos patamares. E nós estamos animados para fazer acontecer....

As opiniões divergem: uns dizem que a Inteligência Artificial (IA) é a nova revolução digital; outros, que ela é a desconstrução do...

Fale Conosco
Enviar via WhatsApp